Com pesquisa sobre efeitos da ionosfera no posicionamento de aeronaves, aluno de doutorado do CETUC conquista “Young Scientist Award”

no International Union of Radio Science General Assembly and Scientific Symposium

Prêmio reconhece grupos de pesquisadores que fizeram contribuições e descobertas inovadoras em pesquisas multidisciplinares relacionadas a campos e ondas eletromagnéticas

Odoo • A picture with a caption
 

O paper é resultado do desenvolvimento da tese de Espejo, orientada pelo professor Emanoel Costa e realizada no âmbito do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) em Tecnologia GNSS no Suporte à Navegação Aérea (INCT GNSS-NavAer).

O estudo tem por objetivo analisar os efeitos da camada ionosférica (que se localiza entre 60 e 1.000 km de altitude e é composta por íons, plasma ionosférico e reflete ondas de rádio até aproximadamente 30 MHz) no posicionamento de aeronaves usando um sistema simulado de GBAS, em regiões equatoriais e de baixa latitude, caso do Brasil. Os testes estão alocados em aeroportos situados em diferentes latitudes geomagnéticas, como o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, e o Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza.

- O sistema GBAS tem a capacidade de corrigir a maioria dos erros envolvidos no posicionamento, desde que a camada ionosférica apresente um comportamento não perturbado na região do aeroporto. Nos últimos anos, os métodos de posicionamento GNSS (Global Navigation Satellite System), utilizados pela aviação no suporte das fases de aproximação e pouso preciso de aeronaves usando GBAS (Ground-Based Augmentation System), vêm se destacando, explica o autor.

O Young Scientist Award reconhece grupos de pesquisadores que fizeram contribuições e descobertas inovadoras em pesquisas multidisciplinares relacionadas a campos e ondas eletromagnéticas. O prêmio integra o URSI-GASS, um simpósio em que cientistas apresentam pesquisas, aplicações, e é realizado um intercâmbio científico nas áreas da radiociência - aspectos dos campos e ondas eletromagnéticas.

Os resultados podem ser consultados em: https://www.ursi.org/young_scientists.php#tab-section3