As atividades do grupo de Dispositivos de Microondas e Sistemas Ópticos estão descritas em

Coordenador:Marbey Manhães Mosso

Professores: Maria Cristina Ribeiro Carvalho

Descrição Geral das atividades atuais

Pode ser destacado como item básico das atuais atividades o estudo e a simulação de aplicações na faixa do Terahertz envolvendo conexões entre módulos, entre “chips” e inter “chips” nos substratos Si CMOS, SiGe,SiC,GaAs, and InP, substratos de teflon, substratos cerâmicos e em novos materiais. Seguem‐se ainda e o estudo dos novos padrões que estão sendo implementados pelo IEEE P802.3ba Task Force (HSSG:High SpeedStudyGroup) envolvendo as taxas de 40 GBs e 100 GBs. Os formatos de modulação BPSK, DQPSK, 16QAM, 64QAM estão sendo estudados em aplicações no domínio óptico e no domínio eletrônico. Os estudos e aplicações em redes Gigabit Ethernet associados a aplicações FPGA continuam sendo ativados através de novas placas capazes de adicionar QoS a esta tecnologia. Nesta etapa, as soluções PBB e PBT e técnicas de gerenciamento de redes utilizando um plano de controle MPLS estão sendo estudadas para futura ativação via FPGA.

  • Simulação de vários tipos de linhas de transmissão até 200 GHz (Microstrip, CPW, Slotline) avaliando a geometria, impedância, geração de modos de propagação superiores, retardos, dispersão, perdas envolvendo substratos cerâmicos, semicondutores e associados a utilização de filmes dielétricos.
  • Estudo e simulação de guias dielétricos até pelo menos 500 GHz destacando a utilização destas estruturas no interior de “chips” e entre “chips” em substratos semicondutores Si CMOS, SiGe,SiC, GaAs, and InP, substratos cerâmicos, substratos de teflon. Alguns módulos estão sendo realizados e caracterizados até 40 GHz como prova de conceito e suporte às simulações na faixa do Terahetz. Adicionalmente, alguns dispositivos tais como filtros, divisores e combinadores estão sendo implementados nestes substratos através de configurações guiadas por dielétricos. Deve ser ressaltado que acima de 50 GHz, os guias de onda dielétricos podem apresentar vantagens significativas em relação as linhas (Microstrip, CPW, Slotline).
    3‐ Utilização de guias dielétricos associados a formatos de modulação BPSK, 16QAM, 64QAM e conversão de freqüências em uma nova configuração de PHY (camada física) e PCS (physical coding sublayer ) capaz de evitar a divisão (paralelização) dos fluxos acima de 100GBs.
  • Desenvolvimento de soluções FPGA e de placas dedicadas para adição de novas funcionalidades em conexões Gigabit Ethernet. Nesta etapa, um conjunto de ferramentas computacionais já foi ativado em um “chip” FPGA VIRTEX 4 (montado em uma placa dedicada) operando em 01 Gigabit. Novas placas e ferramentas/FPGA operando em 10 GBs estão sendo estudadas. Simultaneamente, esta sendo estudado a implementação de um plano de controle MPLS adaptado para atuar sobre redes PBB e PBT associados a aplicações IPTV.
  • Estudo e simulação de "drivers" ECL / LVDS para excitação de moduladores MZ, lasers, etc. Esta sendo avaliada a realização de protótipos em 10 Gbs utilizando tecnologia hibrida. Uma realização integrada em SiGe seria avaliada caso fosse possível uma colaboração com uma "foundry"

Centro de Estudos em Telecomunicações da PUC-Rio
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Ala Kennedy - 7º andar - Gávea - CEP 22453-900 - Rio de Janeiro - RJ
+55 21 3527-1679 / 3527-1680 / contato@cetuc.puc-rio.br